A coluna – A tela vibra

A tela vibra. Acho esse o melhor verbo. O verso de João Cabral dá uma dimensão do que significa: “(…) se descobre que existe nela/certa insuspeitada energia/que aparece nos Mondrians/se vistos na pintura viva./E que porém um Mondrian/num ponto se diferencia:/em que nela essa vibração,/que era de longe impercebida,/pode abrir mão da cor acesa/sem que um Mondrian não vibra,/e vibrar com a textura em branco/da pele, ou da tela, sadia.”

É o que deve-se esperar quando nos perdemos na sala escura dos cinemas. Esperar que a tela vibre, como alguém que se deseje visto de perto. A vibração da pele, da película que extrapola o que é projetado e que então vibra em nós em feixes nervosos.

Há filmes que são simplesmente essa vibração. E cada vez mais me convenço que é ela que os mantém vivos, décadas depois, mesmo para audiências de outra época.

Estas duas cenas de “Embalos de sábado à noite” me parecem ótimos exemplos. São sem que nada seja dito a reprodução do pulso do final dos anos 1970: ingenuidade romântica combinada às últimas pitadas de uma libertinagem frágil prestes a findar. E que vistas daqui deste futuro nunca imaginado, ainda nos permite dizer: “que dançarino era esse Travolta!”

Paco

O flamenco também vibra. E o flamenco também está na poesia de Cabral, com suas bailadoras andaluzas, colidas em seus felizes anos em Sevilha. O flamenco ainda pulsa em minha memória, com seus bailadores fabulosos. Os Gades e Cristina Hoyos, tão bem captados pela lente de Saura (sim, em seus filmes a tela também vibra). A música de Paco de Lucía vibra sem coreografias. E quando combinada com a voz saída do magma incandescente de Camarón de la Isla, faz vibrar a pele e acelerar os batimentos cardíacos.

Você os ouve aqui (deixe que seus pés façam o resto).

Anúncios

6 respostas para “A coluna – A tela vibra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: