O poeta não derruba o noticiário

ferreira

O poeta ainda não derruba o noticiário político, e Ferreira Gullar, que em tantos poemas observou que o mundo segue, insensível aos que partem, não haveria de estranhar que as tramoias na corte tenham mais espaço que a morte do autor de “A luta corporal”. No domingo, logo após a sua morte, e hoje, em edição extraordinária, tratei no Clube do Livro de diversos aspectos da trajetória poética e social de Gullar. O quadro na CBN, assim como este blog e O arte de andar com José Godoy, meu canal do Youtube, são e serão sempre um espaço do contra, às avessas. Aqui, os Renans e os Marco Aurélios não fazem sombra a um homem que escreveu versos como este:

III*

Carregar um espelho

é mais desconforto que vantagem:

a gente se fere nele

e ele

não nos devolve mais do que a paisagem

Não nos devolve o que ele não reteve:

o vento nas copas

o ladrar dos cães

a conversa na sala

barulhos

sem os quais

não haveria tardes nem manhãs

*GULLAR, Ferreira. “O espelho do guarda-roupa”, in: Na vertigem do dia.

Anúncios

2 respostas para “O poeta não derruba o noticiário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: