Daniel Pennac conta a história de um corpo ao longo da vida

PENNAC

Este corpo que você habita tem vontades, ciclos, história e uma série de outras coisas que você ainda desconhece. Perguntar-se sobre o corpo já preencheu a vida de filósofos e anatomistas. O corpo sou eu? O corpo é apenas a matéria animada por algo a que chamamos, conforme a crença, de espírito, alma? São perguntas assim que Daniel Pennac deve ter feito a si, quando começou a escrever seu “Diário de um corpo”, de que tratei no Clube do Livro de hoje. Transformando o diário fictício de um homem ao longo da vida, revela, entrada a entrada, ano a ano, essa que é a mais íntima de todas as relações – a de nós (se afinal estamos fora) e este incrível equipamento que habitamos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: