Caminhar, parar, pensar

Careri

Francesco Careri andou por aí, na maior parte do tempo acompanhado. Andou pela cidade, pelas cidades, onde elas deixam de ser a ideia equivocada que dela guardamos. Fímbrias, limites, vielas sem nome ou número. O que ele viu e pensou está no seu Caminhar e pensar, que o arquiteto e ativista da prática de caminhar como conhecimento, lança por aqui.

Dos mal sucedidos projetos de moradia para imigrantes e ciganos na Europa aos fantasmas da repressão internalizados pela população de Santiago. Da Bogotá dos territórios divididos pela guerrilha, o Estado e o narcotráfico à São Paulo e sua miríade de projetos de urbanização exibidos na periferia da cidade, as portas de entrada são inúmeras neste livro híbrido, ora manifesto, ora crítica urbanística, muitas vezes crônica, outras tantas narrativa de viagem. Tratei dele no Clube do Livro de hoje.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: