Lady MacBeth reencarna numa Rússia sangrenta

Leskov

O tédio é a substância dos dias de Catierina Izmáilova, casada com um rico comerciante estéril e ausente. Entre a solidão e os sons da natureza que preenchem seus minutos, seus segundos, a novidade – o arroubo, o que a vida traz de inesperado – personifica-se em Serguiêi, um jovem e belo capataz da fazenda.

Uma história idílica se apresenta?

Não, nada disso.

O que essa relação intensa, na carne e na mente, irá engendrar é o horror.

É esse o território da impressionante novela Lady MacBeth do distrito de Mtzensk, de Nicolai Leskov, de que tratei no Clube do Livro desta semana.

Publicado há mais de 150 anos, numa revista editada por Dostoiévski, e disponível para nós brasileiros, na tradução do craque Paulo Bezerra, é obra incontornável para quem a literatura é mais do que um passatempo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: